Your Language

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Aquela música...

Aquela música que te persegue, que te seduz. Aquela que diz tudo sobre você. Até o que você quer esconder. Aquela que revela seus sonhos e medos. Aquela que em alguns minutos, faz sua vida passar, como se fosse um roteiro de filme. Escrito e dirigido por você mesmo.
Aquela que te faz sorrir, e se emocionar. Aquela que serviu como trilha, para momentos inesquecíveis.
Aquela que ao fechar os olhos, você imagina exatamente o clipe perfeito. Afinal ela foi feita para você!
Aquela que quando você está triste, te conforta. Aquela que quando você está feliz, te contempla.
Aquela que você escuta mil vezes, e mesmo assim, cada vez que você escuta te diz algo.

Sempre vivi isso. Sempre tive essa tal música. Faz parte de mim. Eu fecho os olhos, e imagino o que eu quiser. Ali é meu mundo. Meu refúgio. Uma coisa eu demorei, mas aprendi, é que ninguém é dono dos nossos pensamentos. A gente precisa parar e sonhar. Ali, por alguns minutos, com nossos sentimentos. Todo santo dia!

A vida é tão corrida, que muitas vezes nos privamos de sentirmos essa tal música. Daí as coisas se tornam mais amargas, mais rígidas, mudas... O ouvido, é um caminho certo para o nosso coração da alma.


             "When I'm lost out there, you're easy to find
                I close my eyes, you're in my mind
                        You're home and I dream of you..."

                                          
                                          Dream - Iration

2 comentários:

Ana Trindade Cabeça disse...

tá...assim de dentro...
amei...o post...a foto...o texto...o trecho da música...
gosto do teu texto...me lembra o meu...rs...sou muito egocêntrica...gosto do teu jeito de usar as frases curtas...
vc tem alma de artista...linda...algo como poesia...uma Bárbara poesia... <3

Barbara Hannah disse...

Obrigada, Ana. Palavras do coração!