Your Language

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Meus 22 anos passados presente





Não gosto do meu aniversário só porque se ganha presente. Não é também por bolo, ou porque todos tentam te agradar, na maioria das vezes. Pra mim, principalmente hoje, tem um motivo especial. Especial porque não to fazendo mais 15, ou 18 anos. Estou fazendo 22 anos! 2 patinhos na lagoa... Anos loucos, com momentos inesquecíveis, pro bom, muito bom, e pro não tão bom assim.  Odiei sem maldade, amei sem pudor, e sem rancor. Se eu fechar os olhos agora, passará um filme em minha cabeça. E com certeza passaram algumas pessoas. Assim como o Rio São Francisco, o seu sorriso, a Europa e todo aquele frio. O importante na vida não é necessariamente ser forte,mas sentir-se forte. A liberdade cada dia mais perto, e a responsabilidade cresce. 


Minha pele mais queimada, meu cabelo era maior, e bem mais claro. Cortei o cabelo curtinho, comecei a perceber o que é justo, fazer tudo mais certinho. Comecei a contar de 1 a 1000 se for necessário. Percebi que não posso querer ganhar minha vida com fotografia, mas posso amar tirar meus retratos da vida, por toda minha vida. Me apaixonei por Gastronomia. Estou trilhando meu caminho. Algumas coisas até mudaram... Mas algumas, acho que nunca vão mudar.Meu  livro vou escrever, minhas fotos vou tirar, meu restaurante vou abrir. Porque por mais que aja mudanças, a essência é a mesma. Mas só se fechar os olhos. Feche, e respire... Inspire. Nao que eu não ame as pessoas, mas eu amo muito mais o que é natural. Ao invés de dinheiro, fé, fama, justiça… dê-me a verdade.


Quero dar a volta ao mundo. Quero cozinhar pro meu marido, mas também quero cozinhar pra quem quiser saborear ou simplesmente matar algum desejo. Hoje, o que gostaria? Prefere uma comida Japonesa com seus detalhes, ou a Italiana com sua firmeza?! Lealdade ou Fidelidade? Amor ou amizade? Cor ou calor? Amor ou dor? Eu prefiro amor.Requinte?  Prefiro brindar por mim, e por todos que como eu, a cada dia que passa, percebe os detalhes da vida, e o quanto eles fazem a diferença. Faça coisas especiais, e será incrivelmente especial. A Felicidade só é real quando compartilhada


Tim-tim




                                                              

2 comentários:

Michel Soares disse...

Parabéns gata!

Te admiro, mesmo nunca tendo estado com você...

Mas sinto muitas coisas boas vindo de você, muita energia, verdade, paz, amor, liberdade...

Um pouco de sua essência está aqui nesse blog, e fico feliz de entrar aqui e sentir esse brilho.

No meio de tanta escuridão, sinto esperança...

=)

Ana disse...

o que dizer?...que estou encantada...
a frase " Percebi que não posso querer ganhar minha vida com fotografia, mas posso amar tirar meus retratos da vida, por toda minha vida." é magistral!
e como me identifiquei quando vc descreve a forma como gostaria de ver sendo feita e servida a comida que vc prepara...
como tinha dito, estou passeando pelo blog...
mjá li outros textos...vou voltar...quero comentá-los tb...
estou adorando o passeio...
bjbj